Vocações femininas

Escravas Reparadoras da Sagrada Família (Página facebook)

 

Escravas Reparadoras da Sagrada Família

 


Quem são?
As Escravas Reparadoras da Sagrada Família são uma comunidade em formação, acolhida pelo Instituto Bom Pastor em sua casa de Bogotá, tendo o objetivo de tornar-se um Instituto Religioso de Vida Apostólica com um gênero de vida mista, quer dizer, uma vida materialmente composta de contemplação e de ação, ou mais exatamente, de exercícios de vida contemplativa e de obras de apostolado ou de misericórdia.
O nome “Escravas Reparadoras da Sagrada Família” significa que as religiosas ao viver em comunidade o espírito de Nazaré, procurarão transmiti-lo aos lares, segundo as palavras de São Paulo: “servi-vos uns aos outros pela caridade do Espírito” (Gal 5, 13). Assim, serão escravas de amor umas das outras, vivendo os votos de maneira reparadora.


As irmãs com sua Excelência Dom Luis Manuel Ali Herrera (à direita), bispo auxiliar de Bogotá e vigário para a vida consagrada, e o Rev.mo Pe. Luis Barrero (à esquerda), do Instituto Bom Pastor


Quais são seus fins?
Fim interno
É a aquisição da Divina Sabedoria pela assimilação do plano amoroso da Santíssima Trindade, que as chama a viver eternamente em seu seio “familiar”. Procurarão unir-se a Ela antecipadamente aqui nessa terra, a exemplo do divino modelo da Sagrada Família de Jesus, Maria e José, santificando-se no cumprimento da vontade de Deus manifestada pela obediência.

Fim externo
O apostolado familiar em todas as suas dimensões, reconhecendo, sobretudo, a eficácia primordial da oração e do sacrifício para impetrar à Santíssima Trindade a renovação cristã dos lares, a exemplo da Santíssima Trindade da terra, a Sagrada Família de Jesus, Maria e José. A família será a pupila de seus olhos, para ajudá-la a se converter no primeiro seminário dos futuros sacerdotes, no primeiro noviciado dos religiosos e viveiro de vocações matrimoniais.

Como alcançarão essa finalidade?
Primeiramente, tomando como Regra de Vida a Regra escrita por São Luís Maria Grignon de Montfort para as Filhas da Sabedoria, com as devidas adaptações segundo o espírito do Instituto. Procurarão seguir seus conselhos e suas máximas espirituais e rezarão por seus apostolados.
Em segundo lugar, tendo como alimento e norma de vida os ensinamentos de São Francisco de Sales em sua “Introdução à Vida Devota” e no seu “Tratado do Amor de Deus”. Cultivarão, assim, o perfeito abandono de si mesmas nas mãos de Deus.
Finalmente, sabendo que a santificação e salvação do lar cristão é uma empreitada sobre-humana, para a qual não se sentem dignas nem fortes o suficiente, ser oferecerão como Vítimas de Holocausto ao Amor Misericordioso, a exemplo de Santa Teresinha de Lisieux, suplicando ao Sagrado Coração de Jesus seu triunfo nas famílias do mundo inteiro.
Serão estes santos, depois da Sagrada Família, os seus principais patronos.

Como realizarão sua oração e seu apostolado?
Quanto à oração: Terão, diariamente, a Santa Missa no Rito Romano Tradicional, a oração vocal e a mental, bem como leitura espiritual e exame de consciência. Semanalmente, confessarão seus pecados com o confessor escolhido pela Comunidade, com quem terão também direção espiritual. Terão um dia de retiro mensal. Viverão anualmente e de maneira especial os momentos mais importantes da Sagrada Liturgia, guardarão os jejuns aconselhados pela Igreja nas Vigílias, Têmporas e Quaresma. Finalmente, farão os santos Exercícios Espirituais de Santo Inácio por 10 dias.
Quanto ao apostolado: Em primeiro lugar, imolarão a própria vida com oração e penitência pelo reinado social do Sagrado Coração de Jesus nos lares. Em segundo lugar, dedicar-se-ão às distintas obras eclesiais como cooperadoras do apostolado sacerdotal. Em terceiro lugar, buscarão ajudar na formação da mulher católica. A influência sobre os homens será por meio do catecismo, da propaganda escrita e pelos meios que a tecnologia oferecer. Promoverão o conhecimento da vida dos santos, em especial das famílias santas.

CONTATO

E-mail : Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Telefone: +57 321 481 9672 -

DOAÇÕES

Banco do Brasil
Agência 1226
Conta corrente: 68530-5
Samara Ribeiro Gasperazzo
CPF 021.602.961-98

Cuenta de Ahorros Banco Colpatria (Colombia)
a nombre de Lorena Gutiérrez
N° 4822001432

Please publish modules in offcanvas position.